TEMPO LIVRE – G06

Lucas Biancchi de Almeida, Barbara Correia de Paula Fernandes, Marina Amaral Ribeiro, Guilherme Pardini de Melo, Diego Nicolás Ibrahim Ibarra Rojas

ETAPA 3

A partir da discussão sobre o tema Tempo Livre, proposto pela disciplina, surgiu a ideia de um laboratório de pesquisas sobre relações espaciais, conformando uma identidade para o grupo como um coletivo efêmero e interdisciplinar, autodenominado ARAPUCA LAB.

Em um primeiro momento nos debruçamos sobre a investigação de qualidades espaciais e sensoriais que proporcionassem o “se perder” dentro de um espaço, uma vez que entendemos que o tempo livre, como ideal de momento no qual podemos nos dedicar a realizar as nossas intenções pessoais, configura-se como a totalidade do tempo, já que temos, em todas as ações que realizamos, um objetivo pessoal, seja no trabalho ou no momento de lazer. Tudo o que fazemos foi escolhido fazer. A investigação se deu através da análise de diferentes ambientes, selecionados pelo grupo por sua aparente condição de “se perder”, em diversas escalas, procurando entender as potencialidades em cada caso. Essas análises geraram um primeiro catálogo (Catálogo de Ambientes), que visa entender as relações entre as condicionantes espaciais e sensoriais.

A ideia era ter uma espacialidade na qual pudéssemos fazer o estudo de combinação das manchas de uso, entendendo suas transformações de acordo com a influência do novo espaço físico e dos outros usos combinados. O minhocão e a discussão que o circunda seguiu então como meio para aprofundar as questões discutidas até então, servindo como estudo de caso. Foram selecionadas algumas demandas da população, levantadas pelo projeto independente Vozes do Minhocão, pela associação
Bela Rua, pela iniciativa Marquise Minhocão, entre outros, e somadas algumas informações da carta enviada pelo artista e arquiteto Gordon Matta-Clark ao grupo Anarchitecture em 1973. Os estudos decorreram sobre como combinar as manchas de usos que levantamos, modificando-as de acordo com as novas condicionantes do espaço e de acordo com a relação com as demais manchas que inteferem nelas, ilustrando possíveis.

 

dont click here

 

ETAPA 2

 

 

 

ETAPA 1

ARAPUCA LAB