PASSAGENS – G14

JOÃO MARCELO BARBOSA DE OLIVEIRA, BRUNA MACIEL ALVES BRITO, CÉLIA PUIGFEL FERRÉ

1ª ETAPA

imagem sintese

 

Ao analisar as possibilidades de passagens, chegamos as passagens por galerias. Passagens que contem programas e que conectam diferentes ruas, cortando o quarteirão e muitas vezes tornando a área mais híbrida.
Constatamos que muitas galerias ainda funcionam muito bem por serem uma extensão da cidade, porém outras ainda que decadentes continuam mantendo uma certa vida e se conectam intensamente com a cidade. As galerias menos utilizadas são as que tem uma função semi-pública, como por exemplo a Galeria do edifício Itália. Notamos que as conexões entre galerias geram um fluxo de passagens, porém as ruas do entorno não possuem o mesmo cuidado, apesar de terem também um fluxo grande de passagem.

A intenção de trabalho é priorizar a passagem do pedestre, melhorando a infra-estrutura ao redor da galerias, e fazendo uso de terrenos sub-utilizados.

 

área

permeabilidade1

permeabilidade

maquete

 

2ª ETAPA

(INSIRA O MATERIAL AQUI)

3ª ETAPA